Lafepe marca presença no Hospitalmed

A partir desta quarta-feira, dia 17, o Lafepe participa da 4ª Feira de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Farmácias, Clínicas e Consultórios (Hospitalmed), no Centro de Convenções de Pernambuco.

No maior encontro hospitalar do Norte-Nordeste, o laboratório pernambucano apresentará toda sua estrutura e capacidade para a produção de medicamentos e óculos. A Hospitalmed segue até sexta-feira, dia 19, abrindo sempre das 14h às 21h. Informações e inscrições estão disponíveis no portal http://www.feirahospitalmed.com.br/pt.

Lafepe é referência para laboratório baiano

Dirigentes e técnicos da Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) estiveram na sede do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes (Lafepe), nos últimos dias 26 e 27, para conhecer a experiência positiva do laboratório pernambucanoem áreas estratégicas do segmento.

A equipe baiana veio conhecer metodologias consideradas referência, no mercado, a exemplo do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e da área de logística de armazenamento e distribuição de produtos.

Desde que foi implantado, em 2012, o SAC do Lafepe mantém um canal aberto e permanente com os demais setores da empresa; o que permite a segurança da informação e a agilidade no retorno das demandas oriundas dos usuários. De janeiro a meados de julho deste ano, foram contabilizados mais de 360 atendimentos via SAC – mensagens diretas no site do Lafepe (http://www.lafepe.pe.gov.br/contato/), pelo telefone 0800 081 1121 ou por e-mail sac@lafepe.pe.gov.br e ouvidoria@lafepe.pe.gov.br.

O atendimento inicial, o registro da demanda, o fluxo interno para atendimento da solicitação, o retorno com a resposta e arquivamento da mesma fazem parte do controle de gerenciamento do SAC Lafepe e foram apresentados à equipe do Bahiafarma.

Outra área do laboratório visitada pela equipe baiana foi a de Logística. Conheceram os galpões de armazenamento da matéria-prima para produção de medicamentos; estoque de embalagens; etiquetas; bulas; até o produto final, pronto para distribuição junto ao mercado consumidor, o que inclui o Ministério da Saúde e as 37 farmácias da rede Lafepe.

A organização e métodos praticados pela unidade pernambucana, cujo foco é a garantia da qualidade de seus produtos, com preços baixos, e o atendimento de excelência ao consumidor, mereceram elogios por parte da equipe do Bahiafarma. “Nossa estrutura é bem parecida com a do Lafepe. Temos os procedimentos que já estão sendo implementados. Nos falta, porém, a experiência prática que encontramos aqui”, destacou o diretor de qualidade do Bahiafarma, Francis Reisdorfer, que chegou ao Lafepe por indicação do Cristália – laboratório privado, parceiro dos dois laboratórios nordestinos.

Consultores da OPAS/OMS visitam o Lafepe

Na manhã desta sexta-feira, dia 08, consultores da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, estiveram no Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes (Lafepe). O propósito foi conhecer a estrutura do laboratório e sua capacidade de produção de medicamentos, especialmente do Benznidazol, usado para o tratamento da Doença de Chagas.

O Lafepe é o único laboratório público no mundo a produzir o Benznidazol, que em junho retomou a produção sem restrições. Esse novo cenário deve-se à recente conquista da Certificação de Boas Práticas de Fabricação (CBPF) para a fábrica de comprimidos, concedida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Vale destacar que o primeiro lote de Benznidazol produzido pelo Lafepe, contendo 250 mil comprimidos, foi liberado para o Ministério da Saúde, em Brasília.

No Lafepe, os consultores da OPAS/OMS, André Ulysses e Felipe Dias Carvalho, visitaram a área de armazenamento da matéria prima e de embalagem; o processo de manipulação e de produção do medicamento; além dos laboratórios de controle de qualidade e departamento de logística. Eles coletaram dados que servirão de subsídio para a elaboração de relatório que poderá impulsionar o retorno do Lafepe no mercado internacional.

André Ulysses e Felipe Dias Carvalho, que ficaram impressionados com a estrutura física e de equipamentos do laboratório, foram recebidos pelo presidente e o diretor comercial, respectivamente, Roberto Fontelles e Djalma Dantas. Na ocasião, Dantas informou aos consultores que o laboratório detém matéria-prima suficiente para produzir 2 milhões e 400 mil comprimidos de Benznidazol, num período de dois anos.

  

   

   

 

Pernambuco e Goiás estudam parceria na produção de medicamentos

O Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes – Lafepe – recebeu a visita do Secretário de Saúde de Goiás, Leonardo Moura Vilela. Também vieram na comitiva o superintendente executivo, Halim Antônio Girade, e o diretor Comercial da Indústria Química de Goiás (Iquego), José Macedo de Araújo.

O grupo foi recepcionado pelo secretário de Saúde de Pernambuco,  Iran Costa, que identificou oportunidades de parcerias, entre Pernambuco e Goiás, nas áreas técnica, de cooperação científica e na produção de medicamentos.  “Atualmente, a nossa secretaria empenha 109 milhões, por ano, na compra de medicamentos de alto custo. A cooperação entre laboratórios oficiais pode auxiliar na otimização de gastos para as políticas de saúde pública e no atendimento a novos nichos de mercado”, ressaltou Iran Costa que também destacou o pioneirismo do Lafepe na produção dos antirretrovirais e a experiência promissora no fornecimento dos óculos para estudantes da rede estadual, pelo Programa Boa Visão.

No laboratório pernambucano, a comitiva recebeu informações sobre a produção de medicamentos e óculos, sobre as etapas das Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo com o laboratório privado Cristália e das certificações da Anvisa conquistadas pelo laboratório, nos últimos nove meses, para o setor de embalagens e da produção de comprimidos.

A comitiva percorreu o parque fabril, conhecendo a Divisão de Sólidos, os dois almoxarifados e a Divisão de Ótica que apresenta capacidade produtiva mensal de 4 mil óculos. O grupo encerrou a visita conhecendo as novas instalações da  Farmácia Lafepe do bairro de Dois Irmãos.

 

Lafepe tem padrão Anvisa de Boas Práticas

A fábrica de comprimidos conquistou certificação Anvisa. O resultado foi divulgado em relatório apresentado a técnicos do laboratório, na sede da Apevisa – Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária.

O documento foi produzido após dois dias de inspeção dos técnicos da Anvisa e Apevisa e a decisão será publicada no Diário Oficial da União, nos próximos dias.

A Certificação de Boas Práticas de Fabricação é requisito básico para a produção e comercialização do Lafepe. Com a CBPF, o laboratório fica habilitado a renovar e solicitar registros de novos medicamentos. Também ficam garantidas as condições de internalização das etapas das Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDP`s) . Essas parcerias envolvem a cooperação, mediante acordo, entre instituições públicas e privadas para desenvolvimento, transferência e absorção de tecnologia em produtos estratégicos para atendimento às demandas do SUS.

O reconhecimento do padrão de referência legitima a credibilidade da marca LAFEPE, viabilizando o atendimento às políticas de saúde pública e  fortalecendo o crescimento do laboratório em novas parcerias comerciais.

NOVA GESTÃO – A notícia da CBPF chegou na mesma semana em que assumiu o novo diretor-presidente do laboratório. O administrador Roberto Fontelles tem como foco investimentos em ações que fortaleçam a função social do LAFEPE. Diante das certificações de Boas Práticas de Fabricação, Fontelles visa ao reaquecimento das fábricas, na produção de medicamentos voltados, principalmente, às políticas de saúde pública. Na meta de bem servir à população de baixa renda, com produtos de qualidade a preços baixos, o planejamento da nova gestão também  contempla o  reabastecimento da cesta básica  de medicamentos das 37 farmácias da rede, além de parcerias que possibilitem a ampliação do acesso da população aos produtos LAFEPE.

Equipe Lafepe na 13ª Corrida das Pontes

O evento foi no último dia 20 e fez parte das comemorações dos 479 anos da Cidade do Recife. O LAFEPE esteve representado com 13 atletas. Abaixo, tabela com as colocações, por ordem de classificação entre os corredores do laboratório. A participação dos colaboradores é apoiada pela atual gestão como parte de um projeto que visa incentivo aos atletas da casa. Os  investimentos na preparação, inscrição e confecção dos padrões contam com o aporte financeiro  de fornecedores. A qualidade de vida é foco da missão LAFEPE; tanto na produção para fortalecimento das políticas de saúde pública, quanto na preocupação com o bem estar dos que integram o laboratório.

 

 

1 2 3 4