lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

CLORETO DE SÓDIO

Identificação do Produto:

Formas Farmacêuticas e Apresentações:

Solução injetável:

Caixa com 20 bisnagas de 500mL.

Composição: Cada bisnaga contém:
Cloreto de Sódio …………………………….. 4,5g
Veículo Adequado qsp 500mL

Ações Farmacológicas:

O Cloreto de Sódio contém dois elementos (sódio e cloro) de alta importância para o equilíbrio eletrolítico e tonicidade do meio extracelular. Participam ainda de inúmeras reações.

Farmacocinética:

O Cloreto de Sódio é adminstrado por via intravenosa onde contribuindo para a recuperação ou manutenção da volemia.
A quantidade administrada passa a fazer parte do equilíbrio sódio/ potássio. A permanência no setor vascular, a passagem para outros setores, ou a eliminação, estão na dependência das condições clínicas. Não se pode enquadrar portanto o produto dentro da farmacocinética rotineira dos medicamentos.

Indicações:

A solução de Cloreto de Sódio a 0,9%, que leva o nome de soro ou solução fisiológica, é usada na reposição das perdas de água e sódio. As situações mais comuns são as expoliações por diarréia de grande porte, vômitos, queimaduras extensas e sudoreses anormais. No choque hipovolêmico a administração é uma medida temporária importante.

Contra-Indicações:

Deve ser usada com extrema cautela na insuficiência cardíaca congestiva leve e evitado nos casos mais sérios, assim como na insuficiência renal grave, condições edematosas com retenção de sódio.

Posologia:

Prescrição na dependência de avaliação clínica, de idade e peso do paciente.

Reações Adversas:

Se for prescrito considerando as reais necessidades clínicas, com cálculo de velocidade de infusão adequada, o Cloreto de Sódio não apresenta efeitos colaterais. Eventuais excessos na administração serão eliminados com relativa facilidade se as funções cardiovasculares e renais estiverem conservadas. Casos pediátricos devem ser calculados considerando-se o peso e estado de hidratação.

A infusão de soluções excessivamente concentradas pode provocar processo inflamatório da veia utilizada para infusão ou manifestações gerais.

Precauções:

Usar com critério, conforme as indicações clínicas especialmente quando as funções cardiovasculares e renais estiverem comprometidas.

Superdose:

A administração excessiva de Cloreto de Sódio pode causar hipernatremia com conseqüente desidratação de órgãos internos, especialmente o cérebro. Os sintomas de superdose têm relação direta com a doença básica do paciente, dose administrada e das funções renais e cardiovascular.

As manifestações são: sede intensa, agitação, hipertermia, oligúria, taquicardia, edema, convulsões, insuficiência cardíaca, coma e morte.

O tratamento depende do quadro clínico e inclui cardiotônicos, diuréticos, antihipertensivos, anticonvulsivantes, etc.