lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Qualidade das embalagens é foco de capacitação no Lafepe

Responsável pela proteção do medicamento até a sua chegada ao consumidor final, a embalagem ganha destaque na cadeia produtiva do Lafepe. Periodicamente, as equipes da Divisão de Sólidos (Disol) e da Divisão de Líquidos (Diliq) passam por programas de treinamento. A ideia é ressaltar a importância de cada colaborador na embalagem dos produtos, evitando, assim, possíveis riscos de desvios do processo.

Dentro do programa de capacitação permanente que visa aprimorar os procedimentos que dão respaldo à qualidade da marca Lafepe, a chefe da Disol, a farmacêutica Tereza Raquel, proferiu palestra na manhã desta quarta-feira, dia 19, em uma das salas de treinamento.

Em sua apresentação, ela destacou as normas técnicas reguladas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e adotadas nas embalagens de medicamentos sujeitos a controles especiais, como é o caso do antipsicótico Clozapina de 25mg e 100mg, recentemente internalizado pelo Lafepe, como resultado de uma Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) com o laboratório Cristália.

Vale destacar que o Lafepe se efetiva como o primeiro laboratório público a concluir todas as etapas de uma PDP. Ainda em meados deste ano, serão internalizadas outras duas PDPs referentes à Quetiapina (comprimido revestido de 25mg, 100mg e 200mg) e à Olanzapina (comprimido revestido de 5mg e 10mg).