lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

141 alunos beneficiados com óculos

Estudantes de cinco escolas do Recife foram contemplados com a entrega de óculos da iniciativa do Projeto Visão do Futuro, ação idealizada pelo Lafepe. A cerimônia de entrega teve caráter simbólico e atendeu oito dos beneficiados, realizada na biblioteca do Centro Comunitário da Paz (Compaz) do Alto Santa Terezinha, na manhã desta quinta-feira (03). Ao todo serão entregues 141 óculos, até a próxima semana. A iniciativa conta com a parceria do Banco Itaú, as secretarias estaduais de Saúde e Educação, a Secretaria de Segurança Urbana do Recife e a Fundação Altino Ventura.

Esses óculos foram indicados em atendimentos oftalmológicos que aconteceram, também no Compaz, há cerca de dois meses. Os alunos com necessidade de lentes corretivas já puderam escolher as armações e tirar as medidas para produção das lentes, logo após as consultas. A estudante Maria Eduarda Barbosa já utilizada óculos há cerca de um ano, mas esse já não fazia o efeito esperando na rotina da aluna da Escola Rosa Magalhães. “Soube pela direção da escola sobre o Projeto, que ia beneficiar estudantes com problemas de visão, participei da triagem e da consulta, onde foi detectado alto grau de miopia e por isso nem precisei pagar pelo custo dos óculos. Vai me ajudar muito, pois além de miopia, tenho astigmatismo e desvio”, contou.

O projeto Visão do Futuro foi formatado por profissionais do Lafepe, aprovado e financiado pelo Banco Itaú. A entrega dos óculos representará a quarta fase do projeto. A primeira atividade foi a capacitação de professores para triar os alunos nas escolas selecionadas. Esse treinamento foi executado por profissionais da Fundação Altino Ventura. Em seguida, estudantes foram tecnicamente avaliados, nas unidades de ensino, com o uso da escala optométrica: um diagrama utilizado para medir a acuidade visual. Do universo de 3.500 estudantes, cerca de 330 alunos, identificados com dificuldades na visão, foram encaminhados para atendimento especializado. Gestores das escolas contempladas ficarão responsáveis em dar continuidade às entregas, nas unidades de ensino.

“Nessa primeira etapa contemplamos cinco escolas, duas municipais e três estaduais. Capacitamos, junto com a Fundação Altino Ventura, os profissionais dessas escolas que promoveram a triagem dos estudantes. Os alunos detectados com problemas de visão foram encaminhados para consultas oftalmológicas e, quando diagnosticado o problema, citando como exemplo a refração, foram encaminhados para confecção de óculos corretivos, já as outras patologias identificadas nas consultas foram destinadas para os serviços de referência em oftalmologia no Recife. Buscamos com a iniciativa, promover a saúde e a qualidade de vida para esse estudante, e assim melhorar o índice de evasão e repetência no Estado”, salientou a coordenadora do Projeto Boa Visão – SES, Mayra Ramos.

Projeto Boa Visão – Programa do Governo de Pernambuco criado em 2012 que busca melhorar o desempenho e desenvolvimento das crianças e jovens em idade escolar e dos profissionais da educação, contribuindo para aumentar o rendimento em sala de aula, evitando a evasão escolar. Desde 2012, já foram ofertadas mais de 93 mil consultas oftalmológicas e entregues, gratuitamente, mais de 52 mil óculos corretivos. O Lafepe é o laboratório parceiro para a fabricação dos óculos. Em mutirões, a Fundação Onesight também fica responsável pela confecção das lentes corretivas.

 

 

Fonte: SES