lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Alunos da rede pública em triagem para doação de óculos Lafepe

Estudantes de sete escolas do entorno do Compaz, no Alto Santa Terezinha, no Recife, estão sendo contemplados pelo Projeto Visão do Futuro, que tem como foco garantir consultas oftalmológicas e óculos de grau para os que precisarem. O projeto conta com o aporte financeiro da Fundação Itaú Social, tendo como parceiros o Lafepe, as secretarias de Saúde e Educação da rede estadual e do Recife, além dos profissionais da Fundação Altino Ventura. Na etapa atual, do universo de 3.500 estudantes, aqueles identificados pelos professores com suspeita de problemas na visão estão sendo tecnicamente avaliados, na própria unidade de ensino. Essa análise acontece com o uso da escala optométrica: um diagrama utilizado para avaliar a acuidade visual.

Uma das escolas incluídas na triagem é a Rosa de Magalhães, da rede estadual. Lá encontramos a adolescente Débora Vitória, de 12 anos. Ela usa óculos desde os quatro. A professora de Biologia, Giane Soares de Souza, identificou na triagem que o grau de Débora precisa ser revisto. Já na Escola Municipal Alto Santa Terezinha, o pequeno Adams, de 8 anos, durante a avaliação apresentou dificuldades na visão do olho esquerdo. Ele reclamou das letras embaçadas e disse sentir, frequentemente, dores de cabeça. Para os gestores e professores que participam da triagem, a iniciativa é relevante no resgate da assiduidade, concentração e bom desenvolvimento escolar dos alunos com problemas de visão.

Após a etapa de triagem, os estudantes serão direcionados para o mutirão de atendimento no Compaz do Alto Santa Terezinha, agendado para o fim de maio. Profissionais da Fundação Altino Ventura ficarão responsáveis pelas consultas. Os alunos que precisarem usar óculos vão contar com estrutura do Lafepe para escolher as armações e tirar as medidas necessárias à produção das lentes.

O projeto Visão do Futuro está na segunda fase do cronograma de execução. A primeira atividade foi a capacitação dos professores escolhidos para triar os alunos nas escolas. A entrega dos óculos está prevista para acontecer um mês após os atendimentos oftalmológicos no Compaz, ou seja, no fim de junho.