lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Estudantes da rede municipal do Paulista recebem óculos Lafepe

A entrega aconteceu nesta quarta-feira (02-08), na Escola Carlos Alves, bairro de Maranguape. Trinta e um alunos foram beneficiados nesta etapa do programa Olhar Paulista.

Gabriel Barros, um garoto de 11 anos, é aluno da Academia Cássia Caroline, em Maranguape I. Gabriel é autista e se queixava muito da dificuldade em enxergar direito. “Via tudo com uma moldura e embaçado. Isso dificultava muito quando tinha que estudar. Ai fiz os exames e ganhei meus óculos. Tudo melhorou, parece que deu um zoom em tudo, estou vendo melhor e aprendendo mais. Hoje vou mudar de óculos”, disse Gabriel, que é um dos 470 alunos beneficiados pelo programa Olhar Paulista, uma iniciativa da prefeitura, através de uma ação integrada entre as secretarias de Educação e Saúde do município, em parceria com o Lafepe.

Como Gabriel, Emanuel Edson dos Santos, 10 anos, estava com um comprometimento maior, por conta do glaucoma. Já perdeu 80% da visão de um olho e 20% em outro. Não sabia ler até os oito anos de idade. Em dois anos usando os óculos, já se destaca em sala de aula como o melhor aluno do 4º ano da Academia Cássia Caroline. “Eu estava muito triste porque meus amigos conseguiam ler e eu não. Hoje, leio bem e sou o melhor em matemática”, comemorou Emanuel, que escolheu uma armação preta, bem séria para sua pouca idade.

O programa Olhar Paulista foi premiado em julho deste ano, no XXXIII Congresso Nacional dos Secretários Municipais de Saúde, como iniciativa governamental exitosa. Está  interligado ao programa Saúde nas Escolas, do Governo Federal; mas em Paulista a iniciativa não fica só nos exames. Além do diagnóstico, o programa distribui óculos Lafepe e faz o acompanhamento dos alunos.

OLHAR PAULISTA –  Criado em 2015, já beneficiou 9.500 alunos da rede municipal de ensino com triagem e exames. Dentro deste universo, já entregou 450 óculos produzidos no laboratório pernambucano.

 

Fonte: Prefeitura do Paulista