lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Lafepe é referência para laboratório baiano

Dirigentes e técnicos da Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) estiveram na sede do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco Governador Miguel Arraes (Lafepe), nos últimos dias 26 e 27, para conhecer a experiência positiva do laboratório pernambucanoem áreas estratégicas do segmento.

A equipe baiana veio conhecer metodologias consideradas referência, no mercado, a exemplo do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) e da área de logística de armazenamento e distribuição de produtos.

Desde que foi implantado, em 2012, o SAC do Lafepe mantém um canal aberto e permanente com os demais setores da empresa; o que permite a segurança da informação e a agilidade no retorno das demandas oriundas dos usuários. De janeiro a meados de julho deste ano, foram contabilizados mais de 360 atendimentos via SAC – mensagens diretas no site do Lafepe (http://www.lafepe.pe.gov.br/contato/), pelo telefone 0800 081 1121 ou por e-mail sac@lafepe.pe.gov.br e ouvidoria@lafepe.pe.gov.br.

O atendimento inicial, o registro da demanda, o fluxo interno para atendimento da solicitação, o retorno com a resposta e arquivamento da mesma fazem parte do controle de gerenciamento do SAC Lafepe e foram apresentados à equipe do Bahiafarma.

Outra área do laboratório visitada pela equipe baiana foi a de Logística. Conheceram os galpões de armazenamento da matéria-prima para produção de medicamentos; estoque de embalagens; etiquetas; bulas; até o produto final, pronto para distribuição junto ao mercado consumidor, o que inclui o Ministério da Saúde e as 37 farmácias da rede Lafepe.

A organização e métodos praticados pela unidade pernambucana, cujo foco é a garantia da qualidade de seus produtos, com preços baixos, e o atendimento de excelência ao consumidor, mereceram elogios por parte da equipe do Bahiafarma. “Nossa estrutura é bem parecida com a do Lafepe. Temos os procedimentos que já estão sendo implementados. Nos falta, porém, a experiência prática que encontramos aqui”, destacou o diretor de qualidade do Bahiafarma, Francis Reisdorfer, que chegou ao Lafepe por indicação do Cristália – laboratório privado, parceiro dos dois laboratórios nordestinos.

Foto 1 (IMG_20160726_094313858)Foto 2 (IMG_20160726_091226398)Foto 3 (IMG_20160726_135026625)Foto 4 (IMG_20160727_093135855)Foto 6 (IMG_20160727_092549291)Foto 5 (IMG_20160727_101356211)