lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Lafepe estuda fazer segunda remessa de medicamentos para o Haiti

aaaaaaaaa

O Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe) Governador Miguel Arraes, doou no final do mês de Janeiro, duas toneladas de medicamos às vítimas dos terremotos no Haiti. A pedido do governador Eduardo Campos, o presidente do laboratório pernambucano, Luciano Vasquez, se reuniu com todos os diretores da empresa para que o socorro às vítimas fosse feito o mais breve possível. Uma segunda remessa de medicamentos já está sendo programada para este primeiro trimestre.

 

O resultado da reunião foi o envio, em tempo recorde, de anti-infecciosos, anti-inflamatórios, anti-hipertensivos e anti-anêmicos para os haitianos.

O Lafepe já havia enviado uma remessa de 100 mil frascos de hipoclorito de sódio, que servirá para o combate de possíveis surtos de Cólera, que por ventura venham a acontecer. “Nossa preocupação foi de atender a necessidade emergencial dos haitianos. Estamos à disposição do governador Eduardo Campos e do presidente Lula para, caso seja necessário, fazermos uma nova remessa”, disse Vasquez

 

Ainda segundo o presidente do laboratório, a produção do Lafepe não será alterada. “Estamos enviando produtos que não irão nos desfalcar em nossas unidades farmacêuticas. Tudo está sendo bem planejado para que nem a população brasileira seja sacrificada por uma eventual falta de medicamentos, nem os nossos irmãos do Haiti fiquem sem a ajuda que tanto necessitam”.