lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Lafepe lança antiinflamatório

O Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco – LAFEPE – colocou no mercado, após 18 meses de estudos e testes, o Diclofenaco de Potássio, um antiinflamatório vem enriquecer o elenco de 67 medicamentos que já são produzidos pelo segundo maior laboratório oficial do país dentro de sua política social que é de fabricar remédios para beneficiar a população de baixa renda.

O Diclofenaco de Potássio é o primeiro antiinflamatório a ser fabricado pelo LAFEPE que colocou um milhão de unidades a disposição dos consumidores. O produto, que foi analisado e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa – tem ação analgésica e encontra-se a disposição da população nas trinta e duas farmácias populares do LAFEPE, sendo dezesseis na Região Metropolitana e dezesseis em Cidades do Interior.

\”De início fabricamos um lote de um milhão de comprimidos, que estão sendo comercializados em envelopes com dez unidades, mas quem vai definir a nossa produção é a necessidade do mercado\”, comentou Leduar Guedes, diretor-técnico do Laboratório que fez um comparativo dos preços dos antiinflamatórios existentes no mercado, fato que ressalta a política social do LAFEPE.

A diferença de preço chega a até 900%. Nas farmácias convencionais, a cartela com vinte comprimidos custa, em média, R$ 8,50. O genérico, com a mesma quantidade, pode ser encontrado por R$ 6,30. Uma cartela do antiinflamatório fabricado pelo LAFEPE, com dez comprimidos, está sendo comercializada por R$ 0,45.