lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Lafepe lembra centenário de Miguel Arraes

O centenário de nascimento de Miguel Arraes de Alencar foi lembrado na tarde desta quinta-feira, dia 15, pela direção do Lafepe, que tem como presidente Roberto Fontelles. Neste dia, o laboratório pernambucano, que leva o nome do ex-governador, descerrou placa em sua homenagem.

A cerimônia simbólica, que contou com a presença de Elisa Arraes de Alencar Khan, representando a família, foi realizada no Memorial Miguel Arraes, na área externa do Lafepe, inaugurado em 2010, por ocasião dos 45 anos do laboratório pernambucano.

Réplica da placa descerrada hoje foi entregue para Elisa, juntamente com uma foto da fachada do Lafepe. Elisa, que é neta de Miguel e Magdalena Arraes, agradeceu a homenagem, dizendo que a placa e a foto vão compor o acervo do Instituto Miguel Arraes (IMA), do qual é uma das coordenadoras.

Ao fazer uso da palavra, o presidente Roberto Fontelles destacou a importância de Miguel Arraes para o Lafepe. “Arraes foi o idealizador do nosso laboratório, ainda em seu primeiro governo, nos anos 60”, disse. Destacou, também, que o Lafepe passou a ter o nome Governador Miguel Arraes, a partir da Lei Nº 13.420, de 28 de março de 2008, projeto do deputado estadual André Campos, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, e sancionada pelo então governador, à época, Eduardo Campos.

Histórico – Em 15 de dezembro de 1916, nascia no Araripe, Ceará, aquele que seria um dos maiores políticos brasileiros do século XX: Miguel Arraes de Alencar. Deputado estadual, federal e governador de Pernambuco por três vezes, Miguel Arraes morreu em agosto de 2005, aos 88 anos de idade.

Foto: Chico Bezerra/CBImagem