Lafepe reúne colaboradores em atividades na Arena Pernambuco

Um expediente fora do convencional, na última terça-feira (22.01), reuniu mais de 700 colaboradores do Lafepe que trabalham no prédio-sede e nas 31 farmácias espalhadas em todo o Estado. A convenção foi na Arena de Pernambuco e contou com palestras, entretenimento, homenagens e shows musicais. Uma oportunidade de integração , de falar sobre o que está sendo feito e dos novos desafios.

Alguns participantes chegaram à Arena no grupo de corredores. Eles cumpriram um percurso de 5 km, saindo do Terminal Integrado Cosme e Damião, em São Lourenço da Mata. Todos os colaboradores foram acolhidos com um café da manhã regional. O evento foi oficialmente aberto no auditório com capacidade para 700 pessoas. Com muita animação, profissionais do Sesi comandaram a ginástica laboral.

O diretor-presidente do Lafepe, Flávio Gouveia, deu as boas-vindas à equipe. Gouveia atribuiu as conquistas do laboratório à força e competência do grupo. Há 1 ano e 10 meses no cargo,  destacou o pioneirismo do Lafepe na conclusão de todas as etapas de uma Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), na fabricação de medicamentos estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS), e ressaltou a importância de contar com o compromisso e união da equipe para seguirem, firmes, na responsabilidade social de garantir qualidade de vida, de salvar vidas.

Os participantes também receberam informações sobre as parcerias com laboratórios privados para transferência de tecnologia, além dos investimentos no parque fabril visando à garantia do padrão exigido pela agência reguladora, a Anvisa. A abordagem sobre os medicamentos do atual portfólio do Lafepe também contemplou o impacto social da produção para o tratamento do transtorno bipolar, dos portadores do vírus HIV e da Doença de Chagas.

O diretor da Agência de Tecnologia da Informação do Estado, Romero Guimarães, falou sobre a Transformação Digital que favorece a redução de esforços e o aumento da produtividade.  Ele surpreendeu e encantou o público ao fechar a palestra, como tenor, em duas composições, fazendo parceria com um dos diretores do Lafepe, Nivaldo Brayner (ao violão), que trouxe o filho: Vinicius (com a flauta).

Histórias de vidas reproduzindo vidas foram compartilhadas pelo médico-cirurgião, Cláudio Lacerda. Ele é chefe  da Unidade de Transplante de Fígado do Hospital Oswaldo Cruz, no Recife. Relatos e imagens que emocionaram  pela superação dos pacientes e pelo envolvimento da equipe médica. A importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s), na rotina de trabalho, foi representada pelo ator Douglas Moreira. Ele impressionou a todos simulando ter ficado paraplégico e deficiente visual, após acidente na manutenção de uma máquina, e trazendo os impactos para quem assume os riscos de trabalhar sem a devida proteção.

A Convenção Lafepe também tratou da importância de gerar sorrisos, de reconhecer e de ser grato. Conceitos compartilhados num show de mágicas interativo, com o profissional Rodrigo Lima. Houve homenagens, literatura de cordel inspirada na rotina da produção de comprimidos, show de samba( com a colaboradora Cibele do Cavaco) e de pop rock, com a banda Anabela, do repórter Ronan Tardin.