lafepe-medicamentoslafepe-medicamentos

Saúde da Criança – SES se mobiliza para a Semana Mundial da Amamentação

Muitos são os benefícios trazidos pelo leite materno para a saúde. Seu consumo é um importante aliado na redução da mortalidade infantil. Aproveitando a Semana Mundial de Amamentação, de 1 a 7 de agosto e comemorada em 120 países, a Gerência de Atenção à Saúde da Criança (Geasc) da SES vai promover uma série de ações educativas ara estimular a prática. A abertura da semana será na próxima sexta-feira (01/08), a Estação Central do Metrô do Recife, a partir das 8h30.

Quem circular pelo local poderá ver stands montados pelos 11 hospitais recifenses, considerados amigos da criança ou que tenham bancos de leite. Nessa lista estão hospitais estaduais, municipais e três particulares – todos localizados na Região Metropolitana do Recife. A proposta é de que essas instituições mostrem ao público o trabalho de aleitamento materno que já desenvolvem com mães e crianças.

Para o trabalho de conscientização, no local, haverá apresentações de grupos artísticos, como o Coral da CHESF, que com a arte ajudarão o evento dando o recado necessário à população. Outras organizações e instituições, também, confirmaram participação, como a Sociedade Pernambucana de Pediatria, os Correios, o Corpo de Bombeiros e ONGs. A ação, no Metrorec, está prevista para terminar ao meio-dia.

Sob o slogan “Nada mais natural que amamentar. Nada mais importante que apoiar. Amamentação: participe e apóie a mulher” e com a divulgação por meio de cartazes e folders – nos quais aparece a atriz Dira Paes, com seu filho recém-nascido e com sua mãe –, a semana se estenderá até o dia 7. Ao longo da semana, haverá divulgação, atividades lúdicas, apresentações teatrais e educativas nos hospitais amigos da criança e na Maternidade Jesus Nazareno, em Caruaru. A Geasc pretende, ainda, estender a mobilização para, pelo menos, os hospitais e maternidades das cidades que abrigam as gerências regionais de saúde, com ações educativas e de orientação.

Para a gerente de Atenção à Saúde da Criança, Alessandra Fam, fazer da semana de amamentação um evento social é importante, já que, assim, é possível chamar a atenção de muita gente para os benefícios trazidos pela amamentação. Benefícios, esses, que são, facilmente, listados por Alessandra. “A amamentação faz bem à criança e à mulher. Com o leite materno, a criança fica protegida contra diarréia, infecções respiratórias, otite, asma, obesidade, diabetes e alergias. Para a mãe, a amamentação reduz o risco de ela ter diabetes e evita que tenha sangramento uterino, dentre muito outros benefícios”, enumerou. Alessandra frisou, ainda, a importância de a mãe amamentar a criança na primeira hora de vida, como forma de protegê-la e de estabelecer um grau afetivo entre mãe e filho.

Durante a semana, outras informações e curiosidades, sobre a amamentação, vão ser repassadas para o público. Por exemplo: você sabia que o leite materno é o alimento mais completo, por ter todos os nutrientes necessários à saúde, como gorduras, sais minerais, proteínas e carboidratos, nas suas quantidades adequadas? Talvez, você também não saiba que o leite materno é um alimento personalizado. Ou seja, cada mãe produz leite especialmente para o seu bebê, nas diferentes fases do seu desenvolvimento.

Com uma influência tão positiva para a saúde da criança, de acordo com Alessandra, recomenda-se que a alimentação do bebê, até o sexto mês de vida, seja exclusiva com o leite materno. A partir do sétimo mês, a mãe já pode incrementar o cardápio de alimentação do bebê com outros alimentos. No entanto, é importante que o leite materno esteja presente na alimentação da criança, até que ela complete dois anos.

Vacinação – A partir do dia 09 de agosto, serão lançadas as campanhas de vacinação contra a rubéola e a segunda etapa da vacinação contra a poliomielite. Para divulgar a campanha, as vacinas já vão ser disponibilizadas, no evento de abertura da Semana Mundial de Amamentação, no Metrorec, no dia 1° de agosto. “Vamos aproveitar o evento para que os pais, ao levarem seus bebês ou ao passarem pelo local, já se vacinem”, disse a gerente do PNI (Programa Nacional de Imunização), da SES, Virginia Moura. Lembrando que a vacina de combate à poliomielite ficará disponível para as crianças com até cinco anos de idade. Já os homens e mulheres, com idade entre os 20 aos 39 anos, deverão ser vacinados contra a rubéola. As duas vacinas ficarão disponíveis nos postos de saúde até o dia 12 de setembro.

Serviço:

Semana Mundial da Amamentação – 01 a 07 de agosto

Data – 01 de agosto (sexta-feira)

Local – Estação Central do Metrô

Hora – 8h30

Contatos:

Assessoria de Imprensa – 8743 – 2034// 3181- 6289

Alessandra Fam – Gerente de Atenção à Saúde da Criança – 3181 – 6471